Os dias cinzentos da depressão.

10:51


Em um belo dia, você acorda disposta, otimista, sorridente e com o coração cheio de esperança, mesmo com todas as dificuldades que te rodeiam.
No outro dia, que não está tão belo assim, você acorda sem nenhum resquício de força. Sem vontade alguma de tentar, de viver.
A depressão faz isso com a gente: nos leva, de forma rápida e brusca, do paraíso ao inferno.
"Mas ontem ela parecia tão bem. Não pode ser depressão."
Pode. E é.

Em alguns destes belos dias que relatei, na verdade há uma enorme luta interna para esquecer a ferida. Isso faz com que o dia seguinte seja mais difícil, porque levantamos exaustos de tanto se esforçar no dia anterior. Deixamos cair a armadura e a máscara sorridente... E então desabamos. Caímos no chão e permanecemos nele.

Uma vez eu li um livro em que a protagonista, que sofria de depressão, definia os dias difíceis como dias em que uma "vilã cinzenta" aparecia. E volta e meia ela aparece mesmo, sussurrando em nossos ouvidos que está sendo inútil tentar, que somos incapazes, que as coisas não vão melhorar e que não há mais nada a fazer.
Por mais baixinha que seja a sua voz, ela faz o maior barulho aqui dentro.
Aí aquele desejo de se libertar aparece - depois de perceber que dormir não adianta, já que acordamos e percebemos que tudo está igual -, por mais absurda que seja a ideia de liberdade para alguém depressivo. A gente só quer fugir da dor que nos consome. Da vilã cinzenta. Dos dias nada belos.
E, ao contrário do que muitos pensam, estes dias não são causados por uma escolha nossa (a teoria bonita de que somos responsáveis pelas nossas emoções não é válida quando se trata desta doença, porque ela é quem define como nos sentimos) ou pela falta de fé em Deus.
 A depressão faz a gente perder a fé na vida, em nós mesmos... E lidar com isso não é nada fácil. Requer paciência, força - que muitas vezes não conseguimos encontrar dentro de nós mesmos - e apoio.

Portanto, acredite: um dia feliz não exclui o quadro de depressão. O vídeo do *Chester Bennington está aí para comprovar. :(

Obrigada aos que compreendem e aos que procuram compreender, seja perguntando ou estudando sobre. E obrigada mais ainda aos que insistem em me mostrar que é possível achar outras cores nos dias cinzas. Muitas vezes, vocês são os heróis do meu dia!

*Cantor que sofria de depressão e se suicidou. Horas antes, ele estava brincando todo sorridente com seus filhos. Sua mulher filmou este momento e divulgou dias após a sua morte.

Você poderá gostar também:

0 comentários

Curta