Um dia se cansou...

08:22



Deixava os dias passarem.
Sempre a mesma rotina.
De casa para o trabalho,
do trabalho para o namorado.

Não sentia borboletas no estômago.
Não havia brilho nos olhos.
Não amava o namorado,
mas não era capaz de magoá-lo.

O trabalho a deixava doente,
por fazer o que não gostava
e apenas seguir ordens
de quem a maltratava.

Um dia se cansou...
dos conselhos dos amigos,
das cobranças dos pais,
das ofensas das tias,
do mau humor do namorado
e da infelicidade no trabalho.

Pediu demissão.
Terminou o namoro.
Pintou o cabelo
e até as unhas de preto.

Correu alguns quilômetros
Deixou a chuva molhar,
o vento soprar,
até o sol voltar a brilhar.

Chorou todas as suas lágrimas,
que escorriam até encontrar o seu sorriso...
Um sorriso de liberdade
de quem sente que ainda está vivo.

Como uma fera que saiu da jaula,
ela respirou a liberdade
de quem se despiu dos medos
e disse adeus à comodidade.

Ouviu mais a si mesma
por pura necessidade de viver o que queria
e de ser quem sempre quis ser...
Porque de tudo que se vai na vida,
a si própria ela jamais poderia perder.



Você poderá gostar também:

0 comentários

Curta